A D.D Consultoria celebra 20 anos

Em 2015, a D.D Consultoria está celebrando 20 anos de existência, com muito sucesso, projetos e aventuras. Aventuras? Sim, e não foram poucas. Desde o início temos sido um caldeirão efervescente de ideias, oportunidades e projetos curiosos

De 1995 até hoje a D.D Consultoria atendeu recorrentemente a mais de 130 clientes, dentre empresas nacionais, multinacionais, entidades de classe, fundações, igrejas, governos, órgãos públicos e até mesmo um concorrente! Santo de casa não faz milagres, diz o ditado, e a consultoria multinacional precisava de um time neutro e experiente para conduzir seu processo interno de planejamento estratégico. Foi confiada a nós esta delicada tarefa.

20anosazuleditado1Em outra ocasião fomos procurados por um empresário grego que queria implantar uma rede de restaurantes com cardápio baseado no churrasco grego. Nós pensamos que se tratava do tradicional prato daquele país mas não… ele se referia aquele “churrasquinho grego” vendido em porta de estádio de futebol.

Doze anos atrás, representantes de uma Igreja Neopentescostal com enorme capacidade de investimento nos procurou para estruturar uma rede de escolas técnicas profissionalizantes. Relendo aquele projeto hoje temos vontade de pedir direitos autorais ao governo brasileiro por termos criado o Pronatec. E se uma igreja queria implantar uma rede de escolas, outra se entusiasmou com a criação da internet comercial e nos pediu, no final dos anos 90, um estudo de viabilidade para implantar um provedor de acesso à internet. O objetivo de difundir a mensagem religiosa. Na ótica dos eclesiásticos, um provedor de acesso era semelhante a um canal de TV ou emissora de rádio.

Nestes 20 anos tivemos o privilégio de fazer projetos em parceria com a FIA-USP, servir entidades de classe muito relevantes como a Associação Comercial de São Paulo, desenhar a estratégia integral da operação de comércio eletrônico de um dos maiores varejistas do planeta, mergulhar de cabeça na bolha da internet, participar de decisões críticas em empresas como a Vale e a Monsanto e trabalhar em parceria com 9 importantes consultorias internacionais sem presença própria no Brasil.

Clientes

Investimos e implantamos diversos novos negócios, desde uma editora multimídia (lá no início da era da internet) até empresa de sinalização digital. Hoje nosso foco nessa área é capturar o potencial do Nordeste brasileiro para novos negócios

A D.D Consultoria hoje tem presença regional via empresas irmãs em Salvador, Recife, Porto Alegre e Ribeirão Preto, mantém relacionamento com consultorias parceiras nos EUA, Europa e Ásia, se vale dos esforços de 8 profissionais senior que somam mais de 260 anos de experiência e é fonte para profissionais da mídia de negócios

Parceiros

Nosso apetite por promover negócios, atender nossos clientes em consultoria de gestão e viver novas aventuras continua o mesmo de 1995. Que os próximos 20 anos sejam ainda melhores.

A D.D Consultoria de Negócios é uma butique de consultoria voltada para assuntos gerenciais e estratégicos com 20 anos de experiência no mercado brasileiro. Nossa carteira de clientes inclui empresas de grande e médio portes, em todo o país. Estamos localizados em São Paulo e temos escritórios parceiros em Recife, Salvador, Porto Alegre e Ribeirão Preto.

Estudos de Mercado para Download

A série Visões de Mercado é composta por estudos e levantamentos sintéticos de mercado que são disponibilizados pela D.D Consultoria para download gratuito.

Os estudos atualmente disponiveis podem ser baixados aqui

As informações podem ser usadas livremente contanto que a fonte seja citada.

A D.D Consultoria de Negócios é uma butique de consultoria voltada para assuntos gerenciais e estratégicos com 20 anos de experiência no mercado brasileiro. Nossa carteira de clientes inclui empresas de grande e médio portes, em todo o país. Estamos localizados em São Paulo e temos escritórios parceiros em Recife, Salvador e Ribeirão Preto.

O Brasil pós-eleições

Todos os analistas antecipavam uma eleição disputada, com os candidatos se arriscando e utilizando todas as armas a sua disposição. Mas duvido que alguém sequer sonhasse que o país fosse ficar socialmente rachado ao meio entre polarizações políticas, geográficas, de renda, ideológicas, etc. Uma divisão que não dá para simplesmente jogar pela janela como “coisa da eleição”. Suas marcas serão permanentes.

coligações-partidárias-e1412774261329Este blog não tem como objetivo discutir política ou sociologia. O que nos importa é o impacto disto tudo nos negócios. E os negócios, que já andavam meio “cabreiros” com a lentidão da economia, a dificuldade do governo atual em resolver os crônicos problemas de infra-estrutura e a aversão tácita da alta burocracia pelo livre mercado e pelo lucro, agora vêem um Congresso ainda mais fragmentado (28 partidos contra 22 da atual legislatura), um governo que, embora vencedor, sai bastante enfraquecido e uma nação em que metade da população opõe franca resistência ao governo federal.

Evolução da Tributação sobre PIBAdicione a isso uma receita econômica que ambos os candidatos sabiam que precisaria ser aplicada a partir de janeiro, independentemente do que viessem a falar ao longo da campanha: elevação dos juros para conter a inflação, elevação dos impostos para reequilibrar as finanças públicas e desvalorização lenta da moeda para reduzir as importações e melhorar a capacidade competitiva das empresas nacionais. É uma receita tradicional e impopular e que enfrentará muitas dificuldades para ser implantada. Elevar juros significa jogar o país na recessão. Desvalorizar a moeda aumenta custos, que tem impacto positivo na inflação forçando o aumento ainda maior dos juros. E tributar mais tem óbvio efeito recessivo. Cortar custos seria uma solução mais adequada mas não faz parte da ideologia do governo atual ajustar o tamanho da máquina pública.

Orçamento nacional 2014O governo da presidente Dilma adotou uma política francamente arriscada na gestão da economia nos últimos anos. Diversos preços importantes foram artificialmente represados, como os dos combustíveis e da energia elétrica, forçando o governo a fazer malabarismos contábeis e financeiros para garantir um mínimo de saúde financeira para as empresas do setor elétrico, as usinas de açúcar e álcool e a Petrobrás (sem sucesso. Todas essas empresas tiveram severos drenos de caixa). Os gastos públicos não param de se elevar. Quando não são financiados por mais impostos, o são pela dívida pública interna, que já superou R$ 2,2 trilhões e hoje consome 42% do orçamento público apenas em juros pagos aos portadores de títulos públicos. Quanto mais a dívida sobe, maior é a parcela do orçamento necessário para girá-la. Isso já virou bola de neve e não se tem um consenso sobre como contê-la, principalmente com a economia praticamente estagnada.

divida_externa_desde_1970A balança comercial está muito negativa. Se os investidores externos continuarem a refluir, como vem fazendo nos últimos meses, as reservas em moeda forte poderão cair (após anos crescendo continuamente, as reservas internacionais estabilizaram em US$ 375 bilhões de 2011 em diante, que é um pouco maior do que a divida externa pública – US$ 332 bilhões – mas substancialmente menor do que a divida externa total, incluindo governo e empresas privadas, que atingiu a US$ 523,7 bilhões em agosto de 2014, segundo dados publicados no site do Banco Central).

Reservas internacionaisComo se isso não bastasse, os investimentos em infra-estrutura seguem muito defasados em relação a seus cronogramas. Muitos foram paralisados pelo Ministério Público sob suspeita de corrupção. Outros não avançam porque dependem de aprovação de vários órgãos públicos, os quais estão loteados dentre os vários partidos da base governista. E cada partido tem sua própria agenda. Consolidar e redesenhar o mapa dos ministérios é uma necessidade premente mas é duvidoso que o governo eleito queira arriscar diminuir sua já dilapidada base política no Congresso cortando benefícios concedidos aos partidos que ajudaram na reeleição da presidente.

950c9b721f8ebe17a731abb4a7c39b9e498f2288Por fim, a ideia de um grande consenso nacional para reestruturar o país e colocá-lo de volta no rumo do crescimento irá esbarrar no próprio desinteresse da oposição, que controla os mais importantes estados do país, ampliou sua base no Congresso, ganhou um grande referendo das urnas com apoio de metade da população e que obviamente adotará a postura do “quanto pior, melhor”.

Portanto, nossa recomendação para as empresas é que continuem adotando extrema cautela nos investimentos e na gestão ordinária. É possível que o atual governo lance um pacote de medidas econômicas no final do ano. Tradicionalmente esses pacotes envolvem apenas medidas fiscais. Mas tendo em vista a debilitude da economia brasileira, o deste ano provavelmente será muito mais abrangente, incluindo medidas de efeito midiático apenas com o propósito do Congresso retirá-las, preservando o núcleo fundamental de ações

Todas as indicações são de que o ano de 2015 será recessivo, de ajustes estruturais importantes e de muitas manifestações sociais. Três fenômenos que recomendam conservadorismo

A D.D Consultoria de Negócios é uma butique de consultoria voltada para assuntos gerenciais e estratégicos com 20 anos de experiência no mercado brasileiro. Nossa carteira de clientes inclui empresas de grande e médio portes, em todo o país. Estamos localizados em São Paulo e temos escritórios parceiros em Recife, Salvador e Ribeirão Preto.

E agora, Brasil?

Toda eleição presidencial traz embutida a expectativa de mudanças no país. Duas delas são sempre presentes: um anseio para que a gestão do país se torne mais profissional e o desejo de que a economia retome a rota de crescimento.

A gestão do país inclui elementos que não dizem respeito a este blog. Mas a economia é o pano de fundo sobre o qual os negócios prosperam ou morrem e isso sim nos diz respeito.

controle-financeiroIndependentemente de quem vença as eleições para a presidência, 2015 será um ano duro. Será impossível para o próximo presidente continuar adiando algumas decisões importantes como eliminar o represamento das tarifas de energia e combustível, executar o ajuste fiscal para reequilibrar o orçamento (o certo seria cortar custos da máquina pública mas isso passa longe das propostas de qualquer candidato), reequilibrar a balança comercial, subir juros para conter a inflação e assim por diante.

Infelizmente, todas essas medidas – embora necessárias – terão impacto negativo sobre o crescimento econômico e é possível que esse impacto extrapole 2015 e afete 2016 também

9-Vantagens-e-desvantagens-de-se-utilizar-um-sistema-de-controle-financeiro-grátisO Brasil não tem uma perspectiva positiva para os próximos anos exceto se o presidente que vier a assumir consiga despertar o entusiasmo da sociedade e gerar um forte momento de euforia e engajamento. Na opinião deste blog, apenas um dos candidatos parece não dividir demais a opinião pública, algo necessário para unir o povo em torno de um projeto comum de nação. Ainda assim o ajuste virá. 2015 será mais um ano para gestão conservadora das empresas, com planos de investimento adiados ou limitados e foco na manutenção de baixo endividamento e liquidez no caixa

Projetos Recentes

Estão são alguns dos projetos conduzidos pela D.D Consultoria nos últimos meses. Os nomes dos clientes não podem ser revelados por conta da cláusula de sigilo presente em todos os contratos de prestação de serviços de consultoria

  1. Injetora de plástico: empresa com projeto de expansão com foco na implantação de uma nova unidade no Estado de São Paulo. Foi desenvolvido o estudo de mercado, definição da estratégia de entrada e recomendação de portfolio de produtos
  2. Operadora de charter náutico: start up visando introduzir no mercado brasileiro uma operação profissional de charter de pequenas embarcações de recreação. Para este grupo investidor foi conduzido o benchmark internacional, desenhado o modelo operacional e de negócios mais consistente, definida a estratégia de entrada e posicionamento da marca, realizadas as projeções financeiras e preparado o plano de lançamento 
  3. Escola de Idiomas: para uma das maiores redes de ensino de idiomas do país foi ministrado, pela quinta vez consecutiva, o seminário de formação de gestores de primeiro nível, com foco em pensamento e planejamento estratégico
  4. Fabricante de agroquímicos: para um player internacional muito relevante no setor, foram conduzidos, pela terceira vez consecutiva, os debates para criação da agenda estratégica do ano. 
  5. Fornecedora de lâmpadas LED: para uma importante trading brasileira, foi desenvolvida sua estratégia de operação no mercado de lâmpadas LED, principalmente no braço de projetos e prestação de serviços aos segmentos comercial e industrial de mercado
  6. Vending Machines: para uma fabricante de vending machines foi criada uma estratégia ambiciosa de lançamento no mercado brasileiro de mini-lojas completas de auto-atendimento, com operação 24 x 7 com baixíssima interferência humana

A D.D Consultoria de Negócios é uma butique de consultoria voltada para assuntos gerenciais e estratégicos com 19 anos de experiência no mercado brasileiro. Nossa carteira de clientes inclui empresas de grande e médio portes, em todo o país. Estamos localizados em São Paulo e temos escritórios parceiros em Recife, Salvador e Ribeirão Preto.

Acolhimento

A D.D Consultoria sempre deu bastante atenção às empresas de médio porte, que são os pilares da economia brasileira. E depois que criamos a rede de escritórios parceiros em todo o país, ficou ainda mais claro que nosso DNA é ajudar este perfil de empresa a superar seus muitos desafios

A experiência vivida deu origem a uma metodologia de trabalho que batizamos de “Acolhimento”. Esse nome não é gratuito. Ao invés do modelo consultivo tradicional, que estampa um monte de problemas na frente do empresário, nós procuramos criar um clima de tranquilidade e criatividade, acolhendo e fazendo frutificar as boas ideias. Dessa forma vamos conduzindo a empresa para o rumo certo e aperfeiçoando sua gestão.

O pressuposto da metodologia é que as empresas de médio porte possuem grandes qualidades intrínsecas. Porque para sobreviver no Brasil, tendo porte médio, precisa ser muito bom. Empresas grandes possuem alguns graus de controle sobre seus mercados, canais de distribuição e fornecedores, além de terem acesso a capitais financeiros mais baratos. A empresa de médio porte sofre pressão de todos os lados

Quadro 1

Além dos problemas puramente gerenciais, o empresário também convive com dúvidas sobre sucessão, governança, futuro da empresa e, quase sempre, uma auto-crítica sobre suas qualidades como gestor. 

A metodologia Acolhimento se organiza em 4 programas de ação, com objetivos de somar experiências, equacionar questões pessoais, familiares e profissionais, ampliar laços, envolver a equipe, facilitar a comunicação em todos os níveis, aperfeiçoar a empresa, unir pessoas e encontrar soluções para os problemas existentes:

Quadro 2Personal Board ou Conselheiro Pessoal: diferentemente de um conselho formal, é a disponibilização de tempo de profissionais com larga experiência para o atendimento das necessidades específicas do acionista, em formato de aconselhamento pessoal e corporativo. Essa disponibilização se dá de duas formas: (1) corporativa: a partir de um calendário de encontros que tratam especificamente de temas de interesse da empresa e (2) pessoais: encontros individuais com o empresário para discutir questões de qualquer natureza que ele queira partilhar com um conselheiro experiente e ouvir uma opinião externa. 

O conselheiro pessoal é o módulo mais importante e o grande diferencial da metodologia ACOLHIMENTO

Programa Avançar: composto por iniciativas direcionadas para o empresário, seus herdeiros, sucessores e potenciais sócios. Tem caráter gerencial e visa, dentre outros objetivos, consolidar conhecimentos, ampliar o domínio de ferramentas gerenciais e também aumentar a interação com pares igualmente bem-sucedidos. Pode envolver visitas monitoradas de alto nível junto a empreendimentos similares para troca de experiências com outros empresários, participação em seminários recomendados, visitas de benchmark a empresas que sejam referência de boa gestão, etc. 

Programa Novo Pensar: composto por Iniciativas direcionadas para o grupo de colaboradores ou futuros gestores do negócio. O foco está no domínio de técnicas gerenciais mais avançadas e no intercâmbio de informação e experiências. Pode envolver mentoração, treinamento in-house para desenvolvimento de habilidades gerenciais e de liderança, visitas técnicas de benchmark

Programa Gestão: intervenções pontuais de consultoria, desenhadas caso a caso, com o objetivo de agregar experiência e senioridade na correção de eventuais problemas organizacionais, processuais ou gerenciais que ainda perdurem

Os benefícios que vem sendo constatados com a aplicação da metodologia são:

  • conjugar o suporte pessoal ao suporte corporativo, ampliando substancialmente as bases de contribuição e colaboração
  • agregar experiências de vida e não apenas técnicas de gestão
  • ser modularizado e amplamente customizável. 
  • ter custo muito acessível
  • permitir uma organização de projeto tão flexível que acomoda todo tipo de restrição ou imprevisibilidade na disponibilidade de tempo do empresário
  • pode ser interrompido ou executado por etapas ou parcialmente

A D.D Consultoria de Negócios é uma butique de consultoria voltada para assuntos gerenciais e estratégicos com 19 anos de experiência no mercado brasileiro. Nossa carteira de clientes inclui empresas de grande e médio portes, em todo o país. Estamos localizados em São Paulo e temos escritórios parceiros em Recife, Salvador e Ribeirão Preto.